Entrevista: Gabrielle Aplin

Foto: Divulgação

Nascida numa cidade no sudoeste da Inglaterra, Gabrielle Aplin aos 23 anos é dona de uma voz suave e de um talento musical inconfundível. Sua carreira teve inicio após a publicação de covers no YouTube. Suas releituras em acústico para as músicas das bandas Paramore e You Me At Six soaram muito bem e rendeu a ela um contrato com a gravadora Parlophone. No fim de março Gabrielle esteve no Brasil para uma apresentação única em São Paulo e para gravar sua participação na cena final da novela das 19hrs, Totalmente Demais. Enquanto estava em terras brasileiras a cantora conversou rapidamente com o Sincronias sobre seu último álbum, sua vinda ao nosso país e a reação ao ter uma música em uma novela brasileira. 
 É incrível, eu amei demais! Planejei vir para cá por um bom tempo e finalmente estar aqui é ótimo. Aos poucos estou conseguindo aproveitar o país. - Gabrielle Aplin sobre vir ao Brasil pela primeira vez.

Totalmente Demais foi uma novela escrita por Rosane Svartman e Paulo Halm que teve sua veiculação de novembro de 2015 até 30 de março de 2016. Na trama, a personagem protagonista Eliza, interpretada por Marina Ruy Barbosa, viveu um triângulo amoroso com Arthur (Fabio Assunção) e Jonatas (Felipe Simas). A música tema para os casais era "Home", escrita e cantada por Gabrielle Aplin, que confessou que na Inglaterra não há essa cultura de acompanhar novelas, portanto não sabia a imensidão do que a esperava. 

“É insano e maravilhoso. Aqui as novelas possuem um grande peso e com “Home” tocando nela, descobri fãs que antes eu não sabia que tinha. Ver minha música na soundtrack me deixou extremamente feliz porque me trouxe coisas que eu não esperava, como vir ao Brasil”.
Além de estar presente em quase todas as cenas da personagem principal, a jovem cantora fez sua primeira participação em uma novela aqui no Brasil. Sua cena em Totalmente Demais foi a última do romance, ambientada em Paris. Joliza (Jonatas e Eliza) ficaram juntos e ambos foram até Paris em uma viagem no estilo lua de mel. Lá encontraram a própria Gabrielle Aplin tocando seu violão em um jardim com vista para a Torre Eiffel, não exitaram e pediram um selfie com a cantora, que estava tocando "Home". E assim terminou a novela. 

Light Up the Dark (2015)

Embora "Home" seja do "English Rain" (2013), o show da cantora no Brasil fez parte da turnê do segundo álbum lançado em 2015 por Aplin, "Light Up the Dark". Nesse novo trabalho vemos sua evolução instrumental e até mesmo vocal. Quando questionada sobre suas influencias nele, foi dito que muitas coisas serviram de inspiração, porém as observações feitas no dia a dia e as pessoas que estão em sua rotina foram ressaltadas."Bandas incríveis como Arcade Fire e The National também me inspiraram bastante, eu apenas amo a forma que eles criam suas músicas", complementou. 
A minha música favorita de todo o álbum talvez seja “Heaven Heart” porque ela foi muito fácil de escrever, as coisas simplesmente vinham em minha mente de algum lugar. Na hora da gravação ela também fluiu muito bem, em um único take já tínhamos a versão que foi para o cd. Foi tudo tão fácil, não sei por que ao certo, mas essa facilidade me fez amar muito a música como um todo.

Gabrielle agradeceu muito aos seus fãs por estarem presentes nesse momento tão especial na carreira dela.

Ouça "Light Up the Dark":

Comente com o Facebook:

0 Comentários:

Postar um comentário