Resenha: Green Room (2015)

Foto: Reprodução

Seguindo os princípios da frase "Punk's Not Dead", o filme Green Room traz à tona em seu roteiro escrito e dirigido por Jeremy Saulnier uma banda punk diferenciada por características como a de somente ser encontrada em formatos físicos e em shows. Mesmo com pouca fama bastou um carro e muita vontade para que esses jovens pegassem a estrada.

Em busca do sonho incansável de manter uma banda, o quarteto intitulado The Ain't Rights estão em uma "turnê" não muito planejada. O filme se inicia em uma cena em que o vocalista do grupo dorme enquanto dirigia o carro em que seus amigos também estavam. O acidente não trouxe nenhum grande dano a não ser desperdício de combustível, que era com o que a banda mais gastava o escasso dinheiro que recebiam de cachê.



Essa cena inicial quando desenvolvida revela que The Ain't Rights estava indo para uma grande "gig" com direito a entrevista em rádio, mas após confusões punks o local em que seria o show foi fechado, assim como o dono da rádio perdeu a autorização que mantinha tudo indo ao ar. Para compensar, o jovem que os fez ir até lá arranja um show descente e com um cachê melhor. O que eles não esperavam era o desfecho que essa apresentação teria.

Chegando no local a banda percebe que tocariam para skinheads e neonazistas. A principio não se intimidaram e inclusive provocaram a ideologia do público frequentador do local fazendo um cover da canção "Nazi Punks Fuck Off" da lendária banda de punk Dead Kennedys.



O fim do show é onde o clímax do filme surge e conta-lo detalhadamente como as cenas iniciais tiraria toda a experiência. O que se deve saber é que com o fim da apresentação, ao retornarem para o camarim, a banda headline do evento já estava lá e com eles havia um corpo de uma jovem. Dali pra frente se inicia uma jornada da banda contra os neonazistas, que os prendem no camarim (a sala verde) para que nenhuma informação vazasse. A partir disso é criado um suspense misturado com um terror dramático: os jovens músicos conseguirão sair vivos e finalizar a sua turnê pelo país?

Comente com o Facebook:

0 Comentários:

Postar um comentário